Saiba o que é a alopécia e 7 formas de tratá-la

Você sabe o que é a alopécia? Trata-se de uma enfermidade autoimune, que ocasiona a queda de cabelo quando o sistema imunológico do corpo ataca equivocadamente os folículos pilosos da pele. A alopécia é mais comum em pessoas com menos de 20 anos de idade, mas qualquer pessoa pode ser afetada. A alopécia causa uma aparência muito particular no paciente, porque algumas mechas caem, deixando a cabeça com algumas manchas sem cabelo.

Saiba o que é a alopécia e 7 formas de tratá-la

Em casos mais raros, esses efeitos são produzidos no corpo todo. Pode acontecer de o cabelo crescer de novo durante vários meses em determinada área, mas cair em outra. Cerca de 10% das pessoas que sofrem de alopécia não veem seu cabelo crescer novamente.

A medicina não sabe qual é a causa subjacente a esta condição, mas sabe-se que uma pessoa é propensa a desenvolver a alopécia se tem uma predisposição genética, alguma enfermidade autoimune ou tem predisposição a alergias. Mais adiante, você vai descobrir, aqui, o que é alopécia e 7 formas de tratá-la, para jogar luz a esse estado que deprime milhões de pessoas ao redor do mundo.

Quais são os sintomas?

A alopécia aparece geralmente como uma ou mais zonas calvas no couro cabeludo, normalmente formando manchas redondas. Também podem acontecer casos leves de vermelhidão, descamação ou coceira, que acompanham a calvície. Quando o cabelo volta a crescer, ele pode reaparecer grisalho ou branco por um tempo, antes de retomar a sua cor natural.

Outras manchas de calvície podem se desenvolver depois da primeira, de forma simultânea ou posteriormente. Outras partes do corpo, como a barba, as sobrancelhas e os cílios também podem ser afetados pelas manchas. Alopécias graves podem implicar na perda de todo o couro cabeludo ou pelos corporais. As unhas de uma pessoa que sofre com a doença também podem ser afetadas, adotando uma textura diferente.

O que é alopécia? Tratamentos:

  1. A calvície de padrão masculino em geral é o tipo mais comum de perda de cabelo e não tem tratamento definitivo. Isso pode ser muito incômodo, mas há tratamentos cosméticos que ajudam na prevenção do enfraquecimento dos fios do cabelo.
  2. Alguns suplementos como o Follixin e medicamentos como finasterida e minoxidil podem ser utilizados. O mais efetivo de todos, porém, demonstrou-se ser o Follixin, que, com seus nutrientes naturais, é de grande ajuda contra a alopécia masculina e também a feminina.
  3. A alopécia areata pode ser tratada com esteróides ou imunoterpia. Isso implica em estimular o crescimento do cabelo.
  4. A perda de cabelo e alopécia também pode ser tratada usando métodos cirúrgicos cosméticos. O uso de perucas e cabelo artificial também pode resolver os problemas estéticos. As perucas podem ser feitas de material sintético ou de cabelo de verdade.
  5. Cirurgias de perda de cabelo como o transplante de fios, redução de couro cabeludo e implante de cabelo artificial, o tecido e a clonagem são outras alternativas cirúrgicas.
  6. O transplante de cabelo é um procedimento realizado com anestesia local, no qual um pequeno pedaço de couro cabeludo com muito cabelo e os folículos pilosos são retirados e transplantados a áreas sem cabelo, em pequenas tiras. Os transplantes de cabelo são feitos em uma série de sessões.
  7. A cirurgia de redução do couro cabeludo consiste na remoção de uma parte do couro cabeludo calvo. Um balão é colocado abaixo da pele do couro cabeludo calvo durante várias semanas para expandir e afrouxar os tecidos da pele, e o excesso de pele calva é cortado e retirado. O cabelo artificial também pode ser implantado na pele calva.

Lembre-se que combater a queda de cabelo tem um aspecto mais importante: o tratamento dos aspectos emocionais e psicológicos. Agora que você sabe o que é a alopécia, à mínima queda de cabelo, visite um médico especialista e comece os tratamentos.

Leave a Reply